Carrinho

0 item - R$0.00

Detalhes do Livro

l_pulapula_daniel_fernando

Pula, pula, macacada, que amanhã não tem mais nada

R$59.90

Em estoque

REF: 978-85-63883-68-1. Categoria . Etiquetas: , .

Descrição do produto

Era o ano de 2006. Eu estava no segundo ano do ensino médio do Colégio de São Bento quando se espalhou pelos corredores a notícia de que um grupo de alunos da turma de 1993 havia publicado uma compilação de crônicas sobre os tempos de CSB. Rapidamente, adquiri meu exemplar e viajei pelas páginas com muita curiosidade e certo estranhamento. A curiosidade vinha do fato de que aqueles marmanjos — as pessoas no milharal — tratavam de um universo que era o meu cotidiano, falavam do rala-coco, do campão, do Osni, do professor Cunha. O estranhamento surgia de uma lógica simples: aqueles caras já tinham vivido aquela vida, já tinham provado a comida (ruim?) do refeitório, já tinham levado esporros do coordenador e anotações na caderneta e — vai entender — havia certa saudade e nostalgia nos textos deles, sensações que eu não conseguia alcançar — especialmente às vésperas das provas de física e de química. Ao receber o convite para escrever esta orelha, fiquei muito honrado e aproveitei para reler o livro. O estranhamento voltou, mas de maneira distinta. Foi a revelação de que agora sou do time dos marmanjos. Terminei o colégio em 2007, mas, caramba, após a releitura, acho que sou da turma de 1993 também. Estão aqui boas recordações e momentos (deliciosos ou não) que também vivi, como as porradarias no campão e no rala-coco, as aulas de natação e de música, as aulas aos sábados e as constrangedoras confissões no mosteiro. Estão aqui personagens que conheci, do Urubu-Rei (o reitor) ao Careca (o ascensorista), passando pelo professor de natação (“prepara… oi!”) e pelas professoras musas que lecionavam num colégio só de meninos e motivavam banhos demorados em casa. Mas não se trata de um livro que interessa apenas aos beneditinos. Pula, pula, macacada, que amanhã não tem mais nada é, antes de tudo, um livro sobre a formação do ser humano, sobre crianças e adolescentes tão inteligentes e sagazes para estudar quanto para fazer merda. Como bem diz o Seidl na apresentação, é a história “de meninos que se fizeram homens e de homens que remanescem meninos”. Ou, ainda, é sobre “um lugar tênue entre a Sacanagem Total e a Mais Pura Ordem”, na definição dada pelo Henrique ao CSB em um dos textos. Sempre houve certo mistério no método de ensino do colégio, no rigor, na formação dos jovens, na ideia de estudar só com meninos… Longe de esclarecer o mistério, esta saga escolar abre mais perguntas, revitaliza memórias afetivas e prova definitivamente que há certa mágica no que acontece nos corredores e salas de aula do Colégio de São Bento.

Raphael Montes é escritor, autor de Suicidas (Benvirá, 2012) e Dias perfeitos (Companhia das Letras, 2014), com direitos de tradução vendidos para dez países. Estudou no CSB de 2001 a 2007.

Informação adicional

Autores:

Daniel Seidl e Fernando Valente

Ano De Lançamento:

2014

ISBN

978-85-63883-33-9

Selo

Átame


Fatal error: Uncaught CurlException: 77: Problem with the SSL CA cert (path? access rights?) thrown in /home/oitoe142/public_html/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 996